Perfil do egresso e dos interessados em ingressar no Curso

Perfil do egresso do Curso de Mestrado Profissional em Farmacologia da UFSC

Nosso egresso desenvolverá habilidades científicas e conhecimentos farmacológicos que o auxiliem na identificação, abordagem e/ou resolução de problemas durante seu exercício profissional para que ele se torne referência e exerça um papel intelectual chave em uma equipe multiprofissional de saúde, em farmácias públicas ou privadas, em laboratórios de análise clínicas ou toxicológicas, em indústrias farmacêuticas e/ou em laboratórios de pesquisa de instituições de ensino superior onde ele pode dar continuidade a sua formação profissional e acadêmica.

Para tanto, ao final do MPF da UFSC, o discente será capaz de:

i) conhecer e saber utilizar as principais bases de dados científicas da área (Portal Periódicos CAPES, PubMed, Scopus, Web of Science, Medline, Clinical Studies, Repositórios de Patentes, etc.) para realizar apropriadamente pesquisas e busca de publicações científicas, dissertações, teses, patentes e outros;

ii) compilar e analisar, de forma crítica e sistemática, inovações e descobertas associadas à ação e segurança de fármacos;

iii) elaborar e executar projetos de pesquisa que visam avaliar e comparar a eficácia e segurança associadas ao uso de fármacos e medicamentos seguindo o método científico;

iv) interagir com instituições acadêmicas a fim de promover as condições apropriadas para abordar novas questões de relevância profissional;

v) apresentar e coordenar projetos de pesquisa originais, além de programar e coordenar atividades relacionadas à educação, formação e aperfeiçoamento de outros profissionais na área de farmacologia e disciplinas relacionadas ao uso e administração de medicamentos na sua área de atuação.


Características desejáveis aos ingressantes no Curso:

1. Ter interesse em aprender e aplicar o método científico na atuação profissional.

2. Ter interesse no desenvolvimento de projetos de pesquisa em Farmacologia ou áreas afins.

3. Ter disponibilidade para as atividades do curso, incluindo aulas, seminários e discussões em
grupo (todas presenciais).

4. Ter interesse e disponibilidade para leitura e estudo extraclasse.

5. Ter disposição e interesse para acompanhar a literatura científica internacional (outros
idiomas, além do português).


Capacidades a serem desenvolvidas ao longo do Curso:

1. Discussão de conceitos gerais aplicados à Farmacologia e áreas afins.

2. Apresentação pública de tópicos relacionados à Farmacologia ou áreas afins.

3. Senso crítico para a interpretação e análise da relevância de estudos farmacológicos.

4. Elaboração e desenvolvimento de um projeto de pesquisa em Farmacologia ou áreas afins.

5. Elaboração, redação e apresentação pública de dissertação contendo os resultados obtidos no
projeto de pesquisa.